Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Hiper realismo nas brincadeiras

por Fulano de Tal, em 29.08.16

Acabei agora uma coisa que faço todos os dias com o Fulanito de Tal (recordo que ele tem 6 anos), e acho-lhe tanta graça que pensei partilhar convosco.

Todos os dias, antes de ele se deitar eu e o Fulanito de Tal andamos uns bons 10 minutos à pancada. Ele chama-lhe “à murrada”.

Obviamente não há qualquer violência e a actividade consiste basicamente em cada um de nós invocar poderes excepcionais e extraordinários e pode acontecer ele ser ocasionalmente atirado de uma altura considerável para uma cama fofa, embora a mãe dele não possa saber senão há sarilho pela certa.

O que tem mais piada (para mim pelo menos, vocês não são obrigados a achar piada a isto) é que onde ele usa a imaginação eu equilibro com hiper realismo. Isto na invocação dos poderes, claro. Dou-vos um exemplo:

“Poder de escudo invisível!!!!” grita ele.
“Poder de te dar 3 murros na tromba!!!” grito eu.
“Poder das bolas de fogo resplandecentes!!!” contrapõe ele.
“Poder de te arrebentar o focinho com chapadas!!!” digo eu.

E por aí fora.

Ele parece aceitar com naturalidade a forma como eu invoco. Temo que um dia em que alguém lhe faça estas mesmas promessas a valer ele desate a gritar "Poder da proteção celestial!!!!" e isso não lhe valha de muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Deixe o seu comentário caso tenha gostado de passar por aqui