Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Agora a sério. Qual a pilhéria do naturismo?

por Fulano de Tal, em 30.07.15

Gostava que alguém me explicasse a pilhéria do naturismo. Isso. De andar nu na praia. Prescindo de explicações sobre outras formas de naturismo que não envolvam andar nu na praia. Basta-me perceber essa, e estou certo, daí depreenderei todas as outras, sem falsas modéstias o digo, eu que não sou dos mais vagarosos a raciocinar.

Será uma espécie de tomada de posição? No sentido que decorre da nudez uma maior ligação à Natureza? Já lhe dei milhentas voltas, e não entendo a diferença, desse ponto de vista entre o andar nu, e o vestir uma pequena sunga em tons de salmão ou um biquíni brasileiro. Há ali meia dúzia de centímetros quadrados que nunca sentirão o vento quente do Saara, mas nada que se sobreponha aos prejuízos que da decisão se produzem: ter de caminhar o triplo para chegar a uma zona de praia mais ou menos deserta, forçosamente banhar-se em praias sempre não vigiadas, e uma total ausência de apoios de praia. Inicialmente até me ocorreu que era por exibicionismo. Mas ao ver os naturistas de hoje, e a menos que padeçam de total incapacidade para a auto crítica, essa é uma hipótese sem viabilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Deixe o seu comentário caso tenha gostado de passar por aqui